Ceste desfaz fake news sobre Usina Hidrelétrica de Estreito




Recententemente áudios em grupos de WhatsApp chamaram a atenção pelo alarme em relação a Usina Hidrelétrica de Estreito, mas tudo não passou de noticia falsa.  A empresa que administra a barragem acabou por divulgar um comunicado sobre o assunto, que voce confere, abaixo:

COMUNICADO SOBRE SEGURANÇA DA BARRAGEM DA UHE ESTREITO

O Consórcio Estreito Energia - CESTE tem como valores prioritários a segurança da UHE Estreito, das pessoas e do meio ambiente e para tanto age visando atender a lei aplicável e os padrões de segurança estabelecidos.

Desde a construção desta usina até a etapa de operação, sempre foram empregadas as melhores técnicas de engenharia, desde o seu projeto básico até os atuais planos de manutenção.

São realizadas inspeções rotineiramente por técnicos especializados e inspeções anuais por equipe multidisciplinar de engenharia que analisa todos os dados coletados e elabora relatórios de inspeção e comportamento da barragem e das estruturas civis, visando atestar a estabilidade da mesma.

Deve-se destacar a manutenção preventiva programada em todo o sistema de monitoramento da barragem, o Plano de Segurança de Barragens e o Plano de Ação de Emergência, elaborados de acordo com a Lei de Segurança de Barragem e as normativas da ANEEL.

Relacionado ao Plano de Segurança de Barragens e ao Plano de Ação de Emergência, também é feito o monitoramento das grandezas hidrológicas que envolvem o reservatório, em conjunto com as regras de operação das estruturas que compõem a UHE Estreito.

Além de todas essas iniciativas, o CESTE ainda realiza regularmente treinamentos de segurança e de emergência com os seus colaboradores e prestadores de serviço.

Ressaltamos, finalmente, a interação do CESTE e seus prepostos com os técnicos das Defesas Civis Estaduais e Municipais, das Agências Nacionais de Energia Elétrica (ANEEL) e Águas (ANA), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), entre outros, os quais tem acesso a inúmeras informações relacionadas à operação do empreendimento.

Portanto, não há indícios, a partir dos levantamentos técnicos feitos e acima relacionados, sobre quaisquer questões que, neste momento, comprometam a segurança da barragem da UHE Estreito. Deve-se destacar que as obras executadas a jusante da UHE Estreito são referentes a simples manutenção de taludes, sem qualquer relação com questões que envolvam a segurança desta barragem.

Para mais informações e quaisquer dúvidas ou sugestões relacionadas ao Consórcio Estreito Energia e a Usina Hidrelétrica Estreito disponibilizamos o telefone 0800-280-9191.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rose Vicentini é a vice na chapa encabeçada por Marco Aurélio à Prefeitura de Imperatriz