Postagens

Mostrando postagens de Março, 2021

Secom diz que Bolsonaro nunca foi contrário a vacinação contra Covid-19

Imagem
  O Presidente Jair Bolsonaro nunca foi contrário a vacina contra a Covid-19. Quem disse isso, ou melhor, quem postou um vídeo nas redes sociais oficiais do Planalto com essa declaração foi a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República (Secom). No vídeo, a Secom disse que a matéria "Governo adota discurso antivacina e diz que imunização não é obrigatória", do site Congresso em Foco, por exemplo é sendo mentirosa. Em setembro de 2020, o Congresso em Foco noticiou que o presidente Jair Bolsonaro disse a apoiadores que "ninguém pode obrigar ninguém a tomar vacina". Na época, a mensagem foi compartilhada pela conta oficial da Secom.  Vários outros portais também divulgaram como é o caso da BBC e o UOL. A nota de agora a Secom diz que as matérias foram "descontextualizadas" e a imprensa faz "demagogia midiática".  Além de estar na conta oficial da Secom, o vídeo também foi compartilhado pelas redes sociais do presidente

Convocação do secretário de Educação José Antonio é rejeitada pela Câmara

Imagem
Vereadores de situação e oposição a administração do prefeito Assis Ramos (DEM) voltaram a fazer embate na sessão ordinária virtual desta terça-feira(23) e os situacionistas levaram a melhor.  A proposta de Carlos Hermes(PC do B) de convocar o super-secretário José A ntônio Pereira foi rejeitada por 11 votos a 8. Em requerimento o comunista queria que José Antonio esclarecesse sobre o rateio dos recursos do Fundef( Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério) , que determina aos os governos municipais o repasse de 60% dos montantes recebidos pelas prefeituras obtidos com a negociação dos pagamentos destes precatórios. Carlos Hermes alega que semana passada  a Câmara Federal derrubou o veto do Presidente da república ao projeto de lei (PL 1581/20), que garante o rateamento para os professores de todo o Brasil.   Se promulgado, os educadores terão direito sobre esses valores as prefeituras terão obrigação de fazer esse repasse.  E alegou, ta

Fachin anula condenações de Lula relacionadas a Lava-Jato; Ex-presidente pode concorrer nas eleições de 2022

Imagem
  Do portal G1 . O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou nesta segunda-feira ( 8) todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava Jato. Com a decisão, o ex-presidente Lula recupera os direitos políticos e volta a ser elegível. Ao decidir sobre pedido de habeas corpus da defesa de Lula impetrado em novembro do ano passado, Fachin declarou a incompetência da Justiça Federal do Paraná nos casos do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e das doações ao Instituto Lula. Segundo o ministro, a 13ª Vara Federal de Curitiba, cujo titular na ocasião das condenações era o ex-juiz federal Sergio Moro, não era o "juiz natural" dos casos. Na mesma decisão, Fachin declarou a "perda do objeto" e extinguiu 14 processos que tramitavam no Supremo e questionavam se o Moro agiu com parcialidade ao condenar Lula. A decisão de Fachin tem caráter processual. O minis