Quebrando o Silêncio é apresentado aos vereadores de Imperatriz


A Câmara Municipal de Imperatriz abriu espaço mais uma vez - como acontece todos os anos - na sessão ordinária desta quinta-feira (05) para apresentação do projeto ‘Quebrando o Silêncio’, um projeto educativo e de prevenção contra o abuso e a violência doméstica promovido anualmente pela Igreja Adventista do Sétimo Dia em oito países da América do Sul, (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai) desde o ano de 2002.

Pastores e dirigentes da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Imperatriz, professores e estudantes da escola mantida pela instituição religiosa participaram da apresentação do projeto.

A campanha se desenvolve durante todo o ano, mas uma das suas principais ações ocorre sempre no quarto sábado do mês de agosto. É o “Dia de ênfase contra o abuso e a violência”, quando ocorrem passeatas, fóruns, escola de pais, eventos de educação contra a violência e manifestações na América do Sul.

A cada ano um tema é escolhido para ser discutido e abordado com propósito de conscientizar a comunidade, denunciar abusadores e ajudar as vítimas. O tema de 2019 é Volta por Cima.

No Maranhão, projeto aprovado na Assembleia Legislativa do Maranhão instituiu o Dia Estadual da campanha, a ser comemorado anualmente no quarto sábado do mês de agosto.

O principal foco do projeto é envolver a sociedade no combate aos atos de violência. Pais, educadores, autoridades civis e religiosas, e pessoas de bem precisam ser impelidos a combaterem todas as formas de abusos para interromper o ciclo da violência doméstica e abuso sexual contra as crianças.

As atividades são realizadas em escolas e espaços públicos através de palestras, distribuição de impressos, vídeos e outros meios digitais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Flávio Dino diz que Lula será solto em três semanas

PSL diz que vai ter candidatos a vereador e a prefeito em Imperatriz

Colunista diz que PSL tem dois nomes como pré-candidatos a prefeito de Imperatriz