Ministério Público quer saber sobre supostas irregularidades na compra de caixões em Davinopolis


O presidente da Câmara Municipal de Davinópolis, vereador Neco do PCdoB tem dito a interlocutores que não gostaria de continuar na presidência do legislativo de Davinópolis. Motivo: uma série de supostas denúncias de irregularidades na relação Câmara x Município, especialmente sobre recursos públicos.

Além dos "negócios" realizados entre os vereadores e o prefeito Coquim mantem aluguéis de caçambas de propriedades dos vereadores pelo município em condições não esclarecidas.

O caso mais grave diz respeito a supostas irregularidades na compra de caixões funerários. Consta que o proprietário de uma funerária que fornece caixão e serviços funerários para prefeitura de Davinópolis. Detalhe; ele é esposo de uma vereadora.

Diante da situação, o caso acabou chegando ao conhecimento do Ministério Público que já pediu informações sobre o fato de terem sido pagos com dinheiro público mais de 80 caixões, quando apenas 23 óbitos foram registrados de Janeiro até Abril no município.


O prefeito Coquim está "perdido" e deve enfrentar vários processos por improbidade administrativa, pois dizem que ele apenas assina o que lhe entregam, sem se dar conta do tamanho do abismo que está cavando para si e o já sofrido povo de Davinópolis.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rose Vicentini é a vice na chapa encabeçada por Marco Aurélio à Prefeitura de Imperatriz